Porque o CMCBr Denomina-se Cristão

Embora não seja uma igreja e nem a intenção de sê-la, o Conselho de Mulheres Cristãs do Brasil, denomina-se Cristão, por entender que é um pré-requisito, para compreender as necessidades dos que vivem em situação de vulnerabilidade social. Ademais, é a oportunidade de compartilhar com os menos favorecidos, a fraternidade e o amor, alicerçados nos ensinamentos de Cristo.
O Cristianismo
   O Cristianismo tem aproximadamente 2,1 bilhões de seguidores em todo o mundo, incluindo católicos, evangélicos, ortodoxos entre outros. O Cristianismo vem da palavra Cristo que significa messias, o salvador.
A Doutrina do Cristianismo
   A doutrina do Cristianismo baseia-se na crença de que todo o ser humano é eterno, a exemplo de Cristo, que ressuscitou após a sua morte ao terceiro dia. A fé Cristã ensina que a vida presente é uma caminhada e que a morte é uma passagem para uma vida eterna e feliz para todos os que crerem e seguirem os ensinamentos de Cristo.
O Cristianismo firma-se como Origem Divina
   Após o Cristo ter nascido, ser preso e morto, a tendência era de que seus seguidores se dispersassem e seus ensinamentos fossem esquecidos. Ocorreu exatamente o contrário. É justamente nesse fato que se assenta a fé Cristã. Os que acreditam nos seus ensinamentos, praticam e ministram a sua mensagem de fraternidade, amor, solidariedade, generosidade, paz e justiça.
   O Cristianismo firmou-se em uma Origem Divina. Seu fundador é o próprio filho de Deus, enviado como salvador e construtor da história. Ser Cristão, portanto, é poder ajudar ao próximo, tendo como firmamento a fé nos ensinamentos de Cristo.
   O Cristianismo, firma-se como Origem Divina, a fim de que toda a pessoa, possa exercer a sua fé, com liberdade de convicção e de pensamento.
Exercer ações sociais fundamentada na fé cristã
   É por isso, que o Conselho de Mulheres Cristãs do Brasil, denomina-se Cristão, porque exerce suas atividades, fundamentadas na fé cristã, observando o primeiro mandamento: “amarás o teu Deus acima de todas as coisas, e a teu próximo, como a ti mesmo”. Porque ajudar aos outros, também é uma forma de demonstrar amor ao próximo, melhorar a autoestima, a qualidade de vida e a saúde.